Brasil: deputada com 55 filhos acusada pelo assassinato do marido

0
320
assassinato
Fotografia: https://pixabay.com/

Uma deputada brasileira, Flordelis dos Santos de Souza, foi acusada por ter orquestrado o assassinato do seu marido pastor, após várias tentativas fracassadas.

Ela fez isso mesmo com a ajuda de alguns dos seus filhos, depois das outras tentativas de envenenar o seu marido terem falhado. A deputada tem 59 anos e o seu esposo, um pastor evangélico, tinha 42 anos.

O marido foi baleado 30 vezes

Anderson do Carmo foi encontrado crivado por balas na manhã do dia 16 de junho de 2019, na sua casa no Rio de Janeiro. Ele foi baleado 30 vezes. A deputada afirmou que isso aconteceu durante um assalto. No entanto, os promotores descobriram posteriormente que se tratava de um plano elaborado por Flordelis dos Santos de Souza e alguns dos seus filhos, informou a BBC.

Os procuradores anunciaram na segunda-feira que a deputada e dez outras pessoas, incluindo seis dos seus filhos e uma sobrinha, estão acusados. Foram emitidos mandatos de captura para nove dos réus. Dado que a deputada tem imunidade parlamentar, os procuradores dirigiram-se ao Congresso para solicitar a homologação do seu encarceramento.

Por que ela tinha matado o marido

A razão por tramar o assassinato do seu marido mais jovem é financeira. Ele teria bloqueado o seu acesso ao dinheiro, insatisfeito com o “tratamento preferencial” que ela dava aos seus filhos favoritos. A deputada nega as acusações e afirma ser inocente.

Flordelis tentou matar o seu marido pelo menos seis vezes e, no final, os seus filhos conseguiram matá-lo. Quem realmente disparou em Anderson do Carmo foi o filho biológico do deputado, Flávio dos Santos Rodrigues. O assassinato foi levado a cabo com uma arma comprada por Lucas Cesar dos Santos, um dos filhos adotivos do casal.

Cantora famosa, considerada a protetora dos pobres

Antes de entrar na política, de Souza era uma famosa cantora gospel, e o seu nome artístico era Flordelis. O casal era famoso no Brasil, principalmente pelos seus 55 filhos, sendo ao mesmo tempo uma forte imagem do movimento evangélico cristão que está em ascensão neste país católico.

Flordelis foi eleita deputada em 2018, pelo Partido Social Democrata (conservador). Nasceu numa favela do Rio e foi considerada a protetora dos bairros desfavorecidos.

Ela tem quatro filhos biológicos, três dos quais estão com Anderson. O casal então adotou 51 bebês, crianças ou adolescentes vulneráveis, ​​e fundou uma comunidade evangélica. A sua história inspirou também um filme em 2009, feito pela TV Globo.

“A investigação mostrou que a imagem de que ele gostava, de altruísmo e decência, era apenas uma tela para ganhar poder político e riqueza”, declarou o procurador.

Também te pode interessar este artigo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here