O Castelo de Bran, um lugar que deve visitar

0
289
Castelo de Bran
Castelo de Bran

O famoso Castelo de Bran, nomeado também Castelo do Drácula, é uma atração turística muito conhecida na Roménia.

Em primeiro lugar, o nome do castelo vem da língua eslava, onde a palavra “brana”  tem o significado de portão.

História

Inicialmente, o castelo foi construído sobre uma rocha e era uma fortaleza com um objetivo estratégico e militar. Mais tarde, sofreria inúmeras transformações. Em 1920 foi transformado em castelo e doado, pela Câmara Municipal de Brasov, à rainha Maria. Essa doação foi um sinal de gratidão porque a rainha contribuiu para a conquista da Grande União.

Localização

Localizado entre a Transilvânia e Valáquia, perto da cidade de Brasov, o castelo foi edificado no século XIII. Agora é um importante monumento nacional e um marco histórico deste país.

Este castelo foi também uma fonte de inspiração para o célebre escritor irlandês  Bram Stoker. Ele escreveu um romance intitulado “Drácula”, que preserva esse mito. A obra de Bram Stoker é uma obra que mistura ficção, terror e literatura de vampiros. O protagonista é o vampiro Conde Drácula. Por outras palavras, O Príncipe Vlad Tepes serviu como inspiração para o personagem principal deste romance.

Um passeio pelo castelo

Caso queira dar um passeio pelo castelo, descobrirá peças de mobiliário medieval e tradicional e numerosas peças de arte. Há  também uma sala dedicada à lenda de Vlad, o Empalador e ao mito de Drácula. Nesta sala, pode encontrar também alguns instrumentos de tortura usados na época.  

Além disso, caso esteja interessado na vida do Príncipe Vlad, existe um lugar para isso. A Fortaleza de Poenari está a cerca de 125 quilómetros de Bran e serviu de refúgio para o conde.

Embora alguns turistas acreditem que este castelo pertenceu ao conde Drácula, na realidade, existe outra explicação. Algumas fontes históricas dizem que o Príncipe Vlad teria passado aqui apenas uma vez, a caminho de Brasov.

Preço

Se quiser visitar este lugar, a entrada no castelo custa 45 lei por adulto, cerca de 9 euros. Há também taxas especiais para estudantes, por 25 lei. Para pessoas com mais de 65 anos, o preço é de 35 lei.

À volta do castelo, existem algumas barraquinhas que vendem produtos tradicionais. Pode também provar duas comidas de especialidade húngara: Lángos de queijo e o Kürtőskalács de coco.

Em conclusão, O Castelo de Bran é um dos mais importantes pontos turísticos do país. Ele atrai todos os anos milhares de turistas interessados na lenda do Drácula.

Até à próxima! 

Também te pode interessar o artigo sobre Sighișoara, a bela cidade medieval da Transilvânia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here