Nigéria: pena de morte ou castração para os violadores

0
262
Nigéria
Fotografia: https://pixabay.com/

Os homens condenados por estupro num estado da Nigéria irão agora enfrentar a castração. Os violadores de crianças podem ser executados, ao abrigo de uma nova lei rigorosa aprovada esta semana.

Os violadores masculinos no estado de Kaduna podem ser cirurgicamente castrados, enquanto uma mulher condenada por ter violado uma criança enfrenta a remoção das suas trompas de falópio.

Condenados à morte por violação na Nigéria

Os homens podem agora também ser condenados à morte pela violação de uma pessoa menor de 14 anos. Também podem ser condenados à prisão perpétua por violação de um adulto.

“Estas sanções drásticas são necessárias para ajudar a proteger ainda mais as crianças de um crime grave”, disse Gov. Nasir Ahmad el-Rufai, que assinou a legislação na quarta-feira após a sua aprovação pelo Parlamento.

Anteriormente, as leis de violação na região impunham uma pena máxima de 21 anos atrás das grades para a violação de um adulto e prisão perpétua para a violação de uma criança.

A violência sexual aumentou dramaticamente na nação africana durante o encerramento da pandemia

As novas penas duras são apresentadas como uma tentativa de refrear a violência sexual. A violência sexual aumentou dramaticamente na nação africana durante o encerramento da pandemia. Quase 800 casos de violência sexual foram relatados entre Janeiro e Maio na Nigéria, um grande aumento, levando os grupos de direitos das mulheres a apelar a punições mais severas.

Já sabias que um ataque cibernético causou a morte de uma mulher?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here