São Francisco de Assis e a sua ligação com o Dia Mundial dos Animais

0
298
Dia Mundial dos Animais
Fotografia: https://pixabay.com/

O 4 de Outubro é o Dia Mundial dos Animais, uma data promovida pela Organização Mundial de Protecção Animal, com o objectivo de travar o processo de extinção de muitas espécies em todo o mundo. Esse dia, em particular, foi escolhido para coincidir com o santo dos animais, São Francisco de Assis, que considerava que todos os seres da Terra são as criaturas de Deus.

Em 1980, Papa João Paulo II declarou que São Francisco de Assis será o santo padroeiro dos animais, uma decisão que popularizou a celebração desse dia. Todos os anos, milhões de católicos reúnem-se com os seus animais de estimação nas igrejas para receberem a Bênção dos Animais de Estimação.

Porquê celebrar o Dia Mundial dos Animais?

No ano 1200, quando São Francisco de Assis era apenas um rapaz, ele disse que temos de perceber o nosso lugar na Terra, uma vez que o nosso bem-estar está incorporado no bem-estar de todos os animais e do ambiente. As suas palavras não eram de todo compreendidas nessa altura. Hoje, todos os seres humanos sabem com certeza quão sábia e premonitória era essa frase.

Achas que os animais de estimação são um capricho ou parte da família?

A intenção de celebrar o Dia Mundial dos Animais é lembrar-nos que, embora sejamos a espécie mais evoluída, isso não nos retira a responsabilidade de proteger o resto dos animais do planeta. Porque, como explicou Simba em Lion King, todos fazemos parte de uma hierarquia conhecida sob o nome do ciclo da vida. A destruição de qualquer espécie causa grandes prejuízos à natureza.

Como podemos festejar este dia?

A melhor maneira de celebrar este dia é respeitar todos os seres vivos que vivem connosco no planeta. Através da participação ou da realização de actividades educativas, podemos promovar para as gerações mais jovens um interesse saudável pelos nossos amigos animais.

Outra forma excelente de sensibilizar os utilizadores da internet é de partilhar mensagens sobre os seres peludos que vivem à nossa volta, mas que não têm uma ligação wi-fi para usarem as suas vozes a favor dos seus direitos.

Existem também outros animais de estimação

No entanto, não se deve esquecer que os animais de estimação são mais do que apenas cães e gatos peludos carismáticos. Pequenos roedores, com penas, aquáticos como peixes ou escamosos como répteis, são também animais de estimação que podem tornar-se os melhores amigos das pessoas

Animais aquáticos, os favoritos das crianças

Embora não se possa interactuar com os peixes como se faria com um cão ou gato, eles tornaram-se um dos animais de estimação preferidos dos mais pequenos da casa. Os benefícios de ter um aquário e de cuidar de animais marinhos são múltiplos. É um animal que não faz barulho, pelo que, ao contrário das aves, a paz em casa está assegurada. São também animais muito independentes, e não requerem cuidados exigentes.

Répteis – os animais menos domésticos

Os répteis são cada vez mais populares nos domicílios, embora para algumas pessoas possam ser ameaçadores ou menos dóceis. No entanto, apesar de todos estes mitos, eles são animais bastante independentes e não requerem demasiado cuidado. Entre todas as opções, podemos encontrar iguanas, que precisam de muito espaço para viver confortavelmente, osgas; pequenos lagartos com hábitos nocturnos. O camaleão, que requer cuidados específicos e um habitato bem acondicionado. A tartaruga, o réptil vivo mais longo de todos, e a cobra, um dos répteis mais populares e fascinantes.

Há muitos animais que podem ser criados como animais de estimação e que podem tornar-se grandes companheiros. Além dos cães e gatos, há muitos outros animais e animais de estimação que devem ser protegidos e as suas necessidades devem ser satisfeitas.

Jamais pensaste porque é que os gatos são os melhores companheiros?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here