O Prémio Nobel da Paz tem duas nomeações controversas, Trump e Putin

0
415
Prémio Nobel da Paz
Edito usando fotografias de pexels.com (simbolo da paz) e pixabay.com (Donald Trump e Vladimir Putin)

O Prémio Nobel da Paz tem entre as indicações, dois nomes controversos. O presidente dos Estados Unidos da América e o presidente da Rússia são propostos para serem galardoados nesse evento. Mas como é que se chegou nesta situação?

A notícia é um bocado chocante, enquanto Donald Trump já é reconhecido a nível mundial pelos comentários desfavoráveis sobre os imigrantes mexicanos, pela sua atitude misoginista e pelo comportamento muito agressivo com qualquer pessoa que o opõe.

Nem sobre Vladimir Putin não se pode dizer que seja um símbolo da paz. A sua atitude também é muito ofensiva e a sua política pode parecer até ditatorial.

Quem nomeou os dois?

O escritor ruso, Serguéi Komkov, indicou o líder de Kremlin ao Prémio Nobel da Paz! Qual é a sua justificação? Lemos abaixo:

Como líder de um dos principais paises do mundo, ele faz um grande esfoço para a conservação da paz, não só no teritório do próprio país, mas contribui de forma ativa para a solução pacífica dos conflitos estourados no planeta.

Também ele declarou que durante a pandemia de COVID-19, Putin prestou ajuda a 30 países, entre os quais Estados Unidos, Itália, China, Venezuela, Irã.

Na Rússia, Putin aprovou a vacina contra o coronavírus!

Não só isso, o escritor adicionou que outra razão pela qual indicou o presidente ao prémio da Paz é: o presidente é apoiado pelas principais personalidades da cultura russa e pela ciência rusa. Ainda mais, Putin tem um grande mérito por incluir a palavra “Deus” na constituição do país.

Após Komkov, um parlamentar da Noruega indicou o presidente Donald Trump ao Prémio Nobel da Paz, dado que participou no acordo histórico entre Israel e Emirados Árabes Unidos.

Não é a primeira vez que Putin é indicado ao Prémio Nobel da Paz. 

Em 2014, ele foi indicado enquanto apresentou um plano para desmanchar o arsenal químico sírio e evitar uma intervenção militar occidental. Todavia, os ativistas russos dos direitos humanos recusaram completamente a proposta!

A razão?

O presidente começou a presidência com a intervenção em Chechenia em 2000.

Coronavírus na Casa Branca: Donald e Melania Trump testam positivo!

Chechenia proclamou a sua independência após da dissolvação da União Soviética que aconteceu no dia 26 de dezembro de 1991. Como resposta a esse ato, Rússia respondeu com uma invasão militar. A guerra terminou em 1996 e houve 100.000 mortos.           

Até agora, apenas duas pessoas receberam o Prémio Nobel da Paz na Russia. Estes são o último líder soviético, Mihail Gorbaciov e o físico Andrei Saharo.

Será que Trump e Putin são adequados para receber este prémio?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here