“Não sou feminista”, disse ela trabalhando, votando e dirigindo

0
321
Não sou feminista
Fotografia: pexels.com

“Não sou feminista” é uma frase dita com tanto orgulho que te deixa pensar que, de verdade, é ideal não querer igualdade entre gêneros…

É tão fácil querer estar na moda e odiar aquilo que todo o mundo odeia: as mulheres, o veganismo etc. Vivemos numa época que é fácil acessar qualquer informação por meio da internet. Por que ainda não a usas?

Não poderias viver tal como o fazes agora se não fosse pelas feministas

O feminismo é uma doutrina que advoga a defesa dos direitos das mulheres, com base no princípio da igualdade de direitos e de oportunidades entre os sexos. Então, parece-te que apoia a importância das mulheres acima dos homens? Não.

O sexismo, quer dizer a ação de minimizar um grupo de pessoas, sobretudo mulheres, só por pertencerem a um certo gênero ainda está vivo. Esperamos isso da parte deles, mas da parte delas como ainda é possível?

O teu direito para votar, estudar, trabalhar não apareceram do céu. Houve mulheres que enfrentaram um sexismo inimaginável para te garantir esse acesso que, hoje em dia, parece natural. Por exemplo, um dos motivos para que podes votar chamam-se Susan B. Anthony e Kate Sheppard

Então, por que muitos consideram feminismo um palavrão?

É simples: ninguém quer admitir que as mulheres são também pessoas, seres humanos, tal como os homens. É mais simples fazer piadas e insultar do que ser educado.

Em muitos países, a imagem da feminista é aquela da mulher que odeia os homens, mas na verdade essas são as “feminazis”. Em geral, a feminista na visão de muitos é barulhenta, violenta e completamente oposta à “mulher feminina”. Mas isso está errado…

Até os homens podem dizer que pertencem a esse grupo, porque conseguem admitir que as mulheres ainda estão a lidar com um mundo violento que as considera inferiores.

O maior problema são as mulheres que estão contra as mulheres

Pouco a pouco, tentamos destruir o discurso contra as mulheres. As lojas de roupas dizem-nos que temos de ser mais magras, que devemos utilizar determinados produtos de maquiagem para sermos aceitas pela sociedade. Ainda há hobby e empregos considerados “para mulheres”…

Demo-nos conta disso e agora temos que nos ajudar para destruir qualquer preconceito. Ensina os teus meninos isso, ensina aos teus parentes também. Cada uma tem esta responsabilidade para deixar o futuro melhor para a mulher, que não é “debaixo” mas é, na realidade, 50% da população mundial.

Entre algumas das mulheres mais famosas que mudaram o mundo, mencionamos:

Simone de Beauvoir

  • ícone do feminismo, ela escreveu tanto sobre a mulher e trouxe para o mundo o padrão duplo de julgamento enquanto as mulheres eram consideradas o segundo sexo.

Ruth Bader Ginsburg

  • morreu em 2020 aos 87 anos, Juíza Associada da Suprema Corte dos Estados Unidos, ela defendeu os direitos das mulheres e lutou contra a discriminação de gênero. Lê mais sobre este ícone do feminismo aqui!

Madonna

  • cujo feminismo continha tanto a feminidade e sexualidade quanto intelecto, fato inimaginável até os dias de hoje quando para muitos ser “sexy” e inteligente parece impossível.

Malala Yousafzai

Alexandria Ocasio-Cortez

  • uma das figuras mais recentes na política estadunidense, é a mais jovem “congresswoman”. Ativista para os direitos humanos básicos, ela luta também contra o aquecimento global e é sempre franca quando têm injustiças.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here