Facebook, o que é que se passa contigo?

0
277
Facebook
Fotografia: https://pixabay.com/

Facebook é um serviço americano de redes sociais online com sede em Menlo Park, Califórnia, e um serviço emblemático da empresa homónima Facebook, Inc. Foi fundada por Mark Zuckerberg, juntamente com colegas do Harvard College e colegas de quarto Eduardo Saverin, Andrew McCollum, Dustin Moskovitz, e Chris Hughes.

O Facebook pode ser acedido a partir de dispositivos com ligação à Internet, tais como computadores pessoais, tablets e smartphones. Após o registo, os utilizadores podem criar um perfil revelando informações sobre si próprios. Podem publicar texto, fotografias e multimédia que é partilhada com quaisquer outros utilizadores que tenham concordado em ser seus “amigos”, ou, com uma configuração de privacidade diferente, com qualquer leitor.

Os utilizadores podem também utilizar várias aplicações incorporadas, juntar-se a grupos de interesse comum, comprar e vender itens ou serviços no Marketplace, e receber notificações das atividades dos seus amigos do Facebook e atividades das páginas que seguem.

O Facebook é também uma ferramenta para promover páginas públicas, contas de empresas, revistas, etc. Ao utilizar anúncios do Facebook, tudo isso é possível de uma forma muito simples. Mais de 2 mil milhões de pessoas optaram por utilizar esta aplicação, mas parece que pouco a pouco, está a perder os seus utilizadores.

Recentemente, o Facebook começou a bloquear os seus utilizadores sem que estes violassem as suas políticas. Começou a bloquear as pessoas de partilharem artigos ou mensagens nos grupos a que pertencem.

Vários exemplos dos usuários

Facebook

Facebook

Facebook

Facebook

Começou a desativar contas publicitárias, embora as pessoas paguem sempre para promover algo. Por vezes, até te bloqueiam e não te deixam partilhar nada no teu perfil, na tua própria página.

Facebook

Alem disso, não se pode promovar mais a página ou os artigos, Facebook restringiu este direito mas, na qualidade da página diz que “O seu site não tem restrições ou violações”.

Facebook

Facebook

Quando alguém se atreveu a pedir uma revisão porque a sua conta de publicidade pessoal estava bloqueada, que nem sequer utilizou para promover algo, o rei das redes sociais decidiu responder.

Facebook

Olá,

Analisámos a sua conta de Facebook e concluímos que o acesso às funcionalidades de publicidade foi incorretamente desativado. Restabelecemos o acesso às funções publicitárias. Todos os anúncios afectados serão devolvidos ao seu estatuto anterior.

Lamentamos qualquer inconveniente.

Obrigado,
A Equipa de Negócios do Facebook”

Será que o Facebook está a perder terreno? 

Uma rapariga de 23 anos acusou recentemente o Facebook de espiar as suas conversas no Messenger. Ela afirma que depois de ter tido uma conversa no Messenger, o rei das redes sociais mostrou anúncios com base nas suas conversas

Afirma também ter tido anúncios sobre um tema de que falou com os seus amigos, sem sequer procurar nada no Google ou no Facebook. Aparentemente, esta não é a primeira vez que alguém acusa ao rei das redes sociais de ouvir ou espiar mensagens do Messenger. 

Será que o Facebook está cada vez mais cansado dos seus utilizadores e começa a dificultar-lhes a vida? Dentro de muito pouco tempo, não poderemos ter o direito de adicionar uma fotografia ou status ao nosso próprio perfil.

Até Selena Gomez enviou uma mensagem a Mark Zuckerberg. Será que ela também está descontente com o facebook? Veja aqui a mensagem dela para Mark Zuckerberg.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here