Alternativas para viajar em Portugal durante a pandemia

0
806
viajar em Portugal
Coimbra, Fotografia: pixabay.com

Que alternativas temos para viajar em Portugal? As pessoas sonham mais do que nunca com as férias, depois de meses de quarentena. Os meses de inverno ou verão são, normalmente, uma época em que todos os lugares ficam lotados. Muitos turistas procuram os lugares mais famosos e bonitos de Portugal, onde podem tirar a foto perfeita para o Instagram. 

Pode livrar-se de toda a agitação em destinos perfeitos para férias com distância social em Portugal. Segundo o sítio idealista.pt, Marília Poiares viajou por todo o país em busca de destinos perfeitos e planos turísticos. São uma excelente alternativa para os locais que costumam ficar muito lotados, para que você possa aproveitar os dias ensolarados, mas também um pouco de paz e sossego.

Viana do Castelo

O primeiro conselho seria evitar Sintra e seguir em direção a Viana do Castelo. Sintra é famosa em todo o mundo pelos seus bairros cheios de castelos românticos e palácios únicos. Sendo uma das joias do país, classificada como Património Mundial pela UNESCO e localizada a apenas 27 quilómetros de Lisboa, Sintra fica, claro, cheia de turistas no verão. Mas o que talvez não saibas é que, no norte de Portugal, podes encontrar outra cidade igualmente bonita: Viana do Castelo.

Viana do Castelo, Fotografia: pixabay.com

Esta cidade está cheia de incríveis tesouros arquitetónicos e tem muitos menos turistas do que Sintra. O edifício mais impressionante é provavelmente o Santuário Bizantino de Santa Luzia do século XX. Tem vista para Viana do Castelo do alto da colina, de onde se pode desfrutar de vistas panorâmicas da cidade e do litoral. Os visitantes podem subir os degraus da igreja ou apanhar um teleférico para uma viagem de ida e volta. Além disso, se estiveres à procura de lembranças, não te esqueças de dar uma olhada nas incríveis joias de ouro criadas na área.

São Miguel

Vai aos Açores em vez do Algarve. Se já estiveste no Algarve, deves saber que as praias, embora milagrosas, estão cheias de turistas e moradores deitados na praia.

Muda deste famoso destino de verão para uma estância maravilhosa, calma e muito menos povoada nos Açores. Composta por nove ilhas, mesmo a maior ilha, São Miguel, está cheia de cidades tranquilas e paraísos pacíficos.

São Miguel, Fotografia: pixabay.com

Outra vantagem é o preço: se reservares com antecedência, poderás encontrar ofertas excelentes. Os preços de hospedagem e alimentação não são tão inflacionados quanto no Algarve.

Coimbra

Visita Lisboa e o Porto, mas não te esqueças de Coimbra. Lisboa e Porto são lugares absolutamente imperdíveis para conhecer o país, mas não te esqueças de dedicar alguns dias a Coimbra.

Coimbra, Fotografia: pixabay.com

Sabias que Coimbra já foi a capital de Portugal? Com ruas de paralelepípedos medievais e tesouros históricos, como o cemitério dos dois primeiros reis do país, o rei Afonso I e o rei Sancho I, no mosteiro de Santa Cruz. Coimbra também abriga a universidade mais antiga do país (e uma das mais antigas no mundo). Representa um marco procurado pela sua História, tradições únicas e uma bela biblioteca barroca (Biblioteca Joanina).

Vale do Douro

Descobre a paisagem rural. Quando falamos de Portugal, falamos muito sobre as suas cidades, mas não falamos muito sobre o campo. Se quiseres escapar das atividades turísticas clássicas, tenta perder-te no campo. Podes fazer caminhadas nas montanhas e saborear pratos locais em restaurantes tradicionais.

Vale do Douro, Fotografia: https://commons.wikimedia.org/

Se és um amante de vinhos, podes visitar as numerosas áreas vinícolas. Visita o Vale do Douro para saboreares o doce vinho local do Porto (o famoso vinho de sobremesa do país). Vai ao Minho para uma degustação de vinho verde ou visita o Alentejo, coberto por vinhedos rústicos cercados por sobreiros (onde há uma variedade de vinhos tintos e brancos).

Convento de Cristo

Visita o Convento de Cristo em vez do Mosteiro dos Jerónimos em Belém, zona com fortes ligações ao Grande Período das Descobertas e conhecida como o berço dos pastéis de nata. O Mosteiro dos Jerónimos é muito popular e representa uma bela obra arquitetónica, cuja construção durou 100 anos. Mas o Convento de Cristo é igualmente espetacular e já foi a sede dos Cavaleiros Templários de Portugal.

Convento de Cristo, Fotografia: commons.wikimedia.org

Dá um passeio pelo castelo, igreja e jardins onde esse misterioso grupo viveu. A entrada custa quase metade do preço da entrada no Mosteiro dos Jerónimos (6 euros) e é muito menos provável que tenhas de fazer fila para entrar.

Também te pode interessar o artigo sobre o restaurante mais antigo do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here