Cristiano Ronaldo, o segundo maior artilheiro da história do futebol

0
510
Cristiano Ronaldo
Fotografia: facebook.com/Cristiano

Cristiano Ronaldo tornou-se o segundo maior artilheiro da história do futebol, ultrapassando assim a lenda brasileira Pelé. A estrela portuguesa alcançou este sucesso através dos dois golos marcados na partida entre Juventus e Udinese.

A partida entre Juventus e Udinese (4-1) marcou mais um momento importante do futebol. Cristiano Ronaldo voltou a fazer história ao marcar 2 golos de extrema importância, golos que garantiram a sua ascensão a mais uma posição no ranking dos melhores artilheiros do mundo.

Assim, o português de 35 anos, vencedor da Bola de Ouro por 5 vezes, atingiu o impressionante número de 758 golos marcados, ultrapassando a lenda brasileira Pelé (757 sucessos). Assim, chega a ocupar o segundo lugar no topo dos melhores marcadores da história.

Mais da metade dos gols foram marcados nos anos em que Cristiano Ronaldo jogou pelo Real Madrid. Além destes gols, Ronaldo também marcou com as camisas do Sporting Lisboa, Manchester United e Juventus.

Ainda, a este impressionante número de golos somam-se os 102 sucessos com a camisola nacional de Portugal. 1.035 jogos foram necessários para que a estrela alcance esse desempenho, ao contrário de Pelé, que precisou de 815 jogos para marcar 757 vezes.

48 gols necessários para obter o recorde absoluto

Cristiano Ronaldo agora tem apenas um obstáculo: mais 48 gols o separam para chegar ao topo da hierarquia e para se tornar o melhor artilheiro da história. Para fazer isso, o português deve ultrapassar Josef Bican, o tcheco que marcou 805 gols entre 1931 e 1955.

Ronaldo, ganhador do prémio de Melhor Jogador do Século!

A estrela da Juventus consegue mais um desempenho extraordinário: o ano de 2021 representa para ele o 20º ano consecutivo de sua carreira em que marca. Com uma carreira brilhante salpicada de tantos sucessos e recordes, Cristiano Ronaldo foi eleito o Melhor Jogador do Século na gala do Globe Soccer Awards, organizada no final do ano passado.

“Quero agradecer a todos os que votaram, aos meus colegas, aos clubes por onde passei, à Seleção… À minha família, aos meus amigos, especialmente às minhas crianças e à minha namorada, que estão sempre comigo e me ajudam a ser sempre melhor jogador e pessoa. À minha mãe, às minhas irmãs, ao meu pai, ao meu irmão. É uma grande realização para mim. Isto dá-me motivação para continuar com a minha vida, o meu futebol.” disse ele.

Pelé, reação intrigante

Parece que Pelé não digeriu muito bem a informação segundo a qual Cristiano Ronaldo o superou. Por isso, atualizou a sua biografia no Instagram, descrevendo-se ainda como o maior goleador da história, com 1283 gols. Essa reação despertou surpresa entre os fãs, mas também críticas a ele, chamando-o de arrogante.

Cristiano Ronaldo foi criticado duramente após a infeção com o coronavírus mas voltou com vontade de ganhar tudo! 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here